Papai Noel faz a alegria das crianças nos dois dias de Festa de Natal da São Martinho

O Natal da São Martinho começou na quinta-feira, 14 de dezembro, quando algumas das crianças que fazem parte do projeto foram presenteadas com roupas novas e sapatos, doados por voluntários ligados ao CIESPI – PUC/Rio (Centro Internacional de Estudos e Pesquisas Sobra a Infância) e a um grupo religioso. Os presentes foram entregues pelo Papai Noel, que emocionou as crianças ao chegar com os presentes.

A alegria com as roupas novas estava estampada no rostinho de cada um
A alegria com as roupas novas estava estampada no rostinho de cada um
Encontro com o Papai Noel emocionou as crianças
Encontro com o Papai Noel emocionou as crianças

Já no dia seguinte, sexta-feira, dia 15 de dezembro, foi realizada a festa de Natal da São Martinho, em Vicente de Carvalho, que começou com uma história contada pelo diretor da São Martinho, Frei Adaílson. Nela, estiveram presentes os beneficiários do Educagente e da Abordagem, que passaram um dia de muita diversão, com brincadeiras trazidas por um animador, aula de dança, pula-pula e uma oficina de confecção de árvores de natal, realizada em parceria com a Oi Futuro.

Com a ajuda do Oi Futuro, os pequenos puderam criar suas árvores de natal personalizadas
Com a ajuda do Oi Futuro, os pequenos puderam criar suas árvores de natal personalizadas
O pula-pula foi um dos brinquedos preferidos das crianças
O pula-pula foi um dos brinquedos preferidos das crianças

“A Festa do Natal é uma festa que nos proporciona, a cada ano, uma oportunidade de ter um profundo encontro da humanidade consigo mesma e com o Criador. Jesus é a imagem do Deus invisível e nossa imagem. Celebrar a alegria do Natal com as nossas crianças é reacender em nós a chama da Esperança e de dias melhores, pois sabemos que em cada ser humano está presente a bondade e a ternura de Deus”, declarou o diretor da São Martinho, Frei Adaílson, O. Carm.

No início da celebração, nosso diretor, Frei Adaílson, falou um pouco sobre o Natal, com a ajuda das crianças
No início da celebração, nosso diretor, Frei Adaílson, falou um pouco sobre o Natal, com a ajuda das crianças

Durante a festa, duas apresentações musicais animaram os presentes, que pularam, dançaram e cantaram junto. A primeira foi das crianças do Educagente, que apresentaram músicas da MPB. Pouco depois, os adolescentes do Centro de Música Jim Capaldi subiram ao palco, cantando músicas pop atuais e algumas antigas. Durante a apresentação, o Educador Rafael subiu ao palco para cantar algumas músicas junto com eles.

As crianças da oficina de música do Educagente encantaram com músicas da MPB
As crianças da oficina de música do Educagente encantaram com músicas da MPB
Os jovens do Centro de Música Jim Capaldi arrasaram no palco
Os jovens do Centro de Música Jim Capaldi arrasaram no palco

No final do dia, as crianças foram organizadas para aguardar a chegada do Papai Noel. Muito ansiosas, elas entraram no clima natalino cantando músicas sobre a festa, como “Jingle Bells”, “Então é Natal” e “Sapatinho”. Ao som de sinos, o bom velhinho chegou na festa e causou euforia nos pequenos. Um a um, eles foram chamados para receber seus presentes e dar um abraço no Papai Noel, que ouviu atentamente os pedidos para o próximo ano.

Papai Noel dedicou um tempo especial para abraçar e falar com cada criança
Papai Noel dedicou um tempo especial para abraçar e falar com cada criança

Para Valdinei Martins, coordenador da Abordagem, “para nós, realizar essa Festa de Natal é realizar também o sonho dessas crianças, o sonho de ter uma infância, uma juventude. É olhar nos rostos deles e se alegrar por vê-los sorrindo, por vê-los correndo e até por vê-los, às vezes, até chateados, porque isso é melhor do que vê-los da forma que muitas vezes vemos as crianças e os adolescentes, desprotegidos, abandonados, nas ruas, sofrendo com o trabalho infantil e perdendo um tempo valoroso na sua formação, na sua infância. Então no Natal, propiciar essa festa é fazer um resgate da dignidade da criança, que vai se tornar no futuro um adulto saudável”.

No final da festa, todos ainda estavam empolgados pelo encontro com o bom velhinho
No final da festa, todos ainda estavam empolgados pelo encontro com o bom velhinho